A difícil arte de explicar o abstrato

Achei simples, direto e excelente a explicação. Retirado do MecanicaMente.

Tenho um problema básico de comunicação quando tratando com pessoal “não-nerd” como os gerentes (e a minha esposa). Toda vez que tenho que explicar “o código está ruim”, eles me olham com aquela cara de tela azul do windows. Dá quase pra ouvir o somzinho no fundo: “pãm…!”

Aí comento que é difícil dar manutenção, que leva mais tempo, que para fazer algo precisamos arrumar um pouco a coisa, que as estimativas não são confiáveis.

“pãm…!?”

Torna explicar que mexer ali pode causar problemas em outros lugares, que pode quebrar o que funciona, etc… etc…

“pãm… pãm…!?”

Finalmente, achei um jeito bom de explicar quando digo “o código está nojento” e eles entenderem a encrenca que é mexer naquilo. As imagens abaixo (do post http://www.tvsnob.com/archives/016683.php ) ajudaram muito:

Primeiro, isso é um código bom:

E isso aqui é “código ruim:


Leia novamente as frases acima, mas observando as imagens… não fica óbvio?

Agora, sempre que vamos conversar, eu mantenho essa imagens por perto, hora que o pessoal começa a viajar muito, eles colocam o povo na terra. E tudo mundo entende o problema que temos nas mãos.

As imagens corretas valem por um milhão de palavras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: