Arduino no IFSP: estudo, diversão e conhecimento

Caros amigos,

Há tempos que estou lendo e angariando conteúdo sobre Arduino (“O” hardware open source…rs), desde que soube da existência do mesmo pela Revista Info e pelos eventos da Globalcode. Hoje meu blog conta com uma categoria só para ele 😉

Acho que poucos sabem, mas apesar de ter trabalhado na área de teste de software e hoje atuar como desenvolvedor Java (e “enganando” também no Ruby :p ) sou Tecnólogo em Sistemas Eletrônicos pelo IFSP (“eita cara enrolado sô”…rs). Sim, eletrônico. E gostei muito do curso, tanto que até hoje tem muita coisa em eletrônica que me fascina, dentre elas o Arduino.

“Arduino = hardware+software+programação (C, C++, Java[!], Ruby [!!], etc.)+eletrônica. Diversão completa 🙂 “

Fazia algum tempo que, depois de conhecer o Arduino, tive a idéia de procurar algum meio de compartilhar/disseminar conteúdo, sem ser em posts/artigos apenas. E na instituição de ensino que me formei sentia uma lacuna em termos de existência de algum kit de eletrônica, para a parte prática, que estivesse alinhado com as coisas mais atuais da área (como DSP‘s, FPGA‘s entre outros).

Um dos primeiros passos dados por mim (isso no começo desse ano de 2010) foi a aquisição de um kit Program-Me da Globalcode, que tem um custo/benefício e um set de funcionalidades bem maior que o kit duemilanove (o Arduino original), por exemplo. É uma boa aquisição para quem quer fazer alguns testes, não tem muito conhecimento de “eletrônica mão na massa” ou é “hard user” realmente.

Por meio dele, e de algum conhecimento prévio, passei a me contatar com um dos meus professores de graduação, o Ricardo Pires, a respeito do assunto e “trocando figurinhas”. Acredito que fui um dos responsáveis por abrir a mente dele também (P.S. : ele também comprou um Program-Me 😉  ). Por intermédio dele a entrada do conceito do Arduino no IFSP poderia virar realidade, e eu estaria contribuindo com meus 2 cents para a melhoria da didática de ensino prática de eletrônica 🙂

A origem do “Arduino no IFSP”

Foi aí que em conjunto com o professor Ricardo Pires, que após tomar ciência da existência do Arduino e suas possibilidades de ser aplicado no aprendizado, decidimos criar uma lista de discussão e compartilhamento de informação sobre Arduino, que no final culminou também com a criação do grupo Arduino no IFSP.

As principais atividades (seja da lista de discussão ou presenciais) são:

  • Compartilhamento de informações sobre Arduino em geral;
  • Mutirões de construção de placas;
  • Divulgação de experiências que o pessoal executa com a plataforma Arduino;
  • Confecção ou divulgação de material abrangendo teoria e/ou informações/posts/artigos sobre o assunto.

Em 4 meses de existência já temos 35 membros no grupo, que pertencem aos cursos de:

  • Técnico de eletrônica;
  • Tecnologia em sistemas eletrônicos;
  • Tecnologia em automação;
  • Engenharia de automação e controle;
  • Ex-alunos desses cursos (estou nesse grupo).

A assimilação do conceito de hardware aberto, uso de microcontroladores e desenvolvimento com uma IDE “user friendly”, documentação e material vasto na internet para projetos entre outros fatores foi cativante para o pessoal gostar da idéia 🙂

Partindo desses princípios tratamos de organizar na lista as idéias existentes  e como seriam as reuniões presenciais. Logo surgiu a idéia do mutirão de placas como “pontapé inicial” no compartilhamento de conhecimento de Arduino…

1ª reunião do grupo: mutirão para confecção de placas Severino

A nossa primeira reunião presencial foi um mutirão para confecção de placas do Arduino Severino.

Escolhemos esse modelo por ter um custo bem baixo (cerca de 16 reais tudo, menos o microcontrolador ATMega, que fica a gosto do fregues…rs) e ser de fácil construção. O revés é o acesso a programação do microcontrolador ser via serial e não USB (para nós o modelo com USB seria mais caro e complicado para a solda manual de alguns componentes SMD…mas nada que um conversor “serial -> usb” não auxilie 🙂 ).

Nesse primeiro mutirão tivemos a meta de confeccionar as placas de circuito impresso para futura soldagem dos componentes. O objetivo do grupo agora, ligado ao hardware, é produzir placas finalizadas para uso e aplicação em projetos de estudo. Posteriormente teremos o início do aprendizado do software, a programação em si.

Abaixo algumas fotos do encontro:

1º encontro Arduino no IFSP

E o saldo dessa reunião foi de quase 80 placas corroídas e que já foram furadas, algumas já foram montadas por alguns membros do grupo, outras serão montadas em um segundo mutirão. Algumas já estão sendo usadas para alguns projetos acadêmicos do pessoal. Falando em segundo mutirão…

2ª reunião do grupo: mutirão para soldagem e finalização do hardware do Severino

Nesses dias finalizamos a data para o segundo encontro presencial do pessoal, que será um novo mutirão, dessa vez para finalização das placas (soldagem dos componentes), colocando mais Severinos prontos para uso e aprendizagem.

A data será 14/08/10, no próprio IFSP no setor de eletrônica.

Mas e o “pessoal de fora” da instituição, não pode participar?

Como a instituição é federal, e só estão permitidas as entradas de alunos e ex-alunos para as atividades (burocracias a parte…) a participação de membros de fora nas reuniões presenciais dentro do IFSP por enquanto não é possível. Ainda estamos pensando em novos locais, e como o número de pessoas que não tem vínculo com a instituição é mínimo, não levamos muito a sério a questão…rs (quem sabe com esse post tenhamos mais colaboradores 🙂 ).

Resultados até o momento, gerados pelo grupo

O legal da iniciativa é que já está sendo útil para muitas pessoas e “dando frutos”, gerando resultados em conhecimento e estudo. Como exemplo posso citar algumas pessoas do grupo:

  • Rafael Melo (conhecido como “Valdívia”…rs): terminou o curso de Tecnologia em Sistemas Eletrônicos (uma turma depois da minha), e começou o mestrado em automação. O projeto do mesmo envolve controle sem fio de células de trabalho em chão de fábrica usando Arduino. Já usa o Severino construído no grupo com sucesso 🙂 ;
  • Prof.º Ricardo Pires: após conhecer o mundo mágico do Arduino está estudando mais a fundo a plataforma e pretende usar o mesmo como ferramenta de ensino em algumas turmas do ensino técnico de eletrônica e engenharia em automação. Pretende criar um live-cd (Linux é claro!) com um ambiente contendo ferramentas para desenvolvimento e apostilas de estudo sobre Arduino. Já comprou um kit de hardware (par de shields, módulos) para transmissão sem fio via ZigBee para Arduino;
  • Felipe Flores:  domina a arte do bootloader do Arduino para ATMega (rs). Esta usando o Severino construído no grupo com sucesso e tem demos de uso do Severino em vídeo (!) transmitindo dados via ZigBee, usando o kit do professor Pires.

Abaixo alguns vídeos gravados pelo Felipe Flores, usando ZigBee, Severino e Program-Me:

Atualizado em 21/09/10: Mais um novo vídeo do Felipe Flores:

E eu estou junto no aprendizado com esse pessoal que é fera! Estou pensando em adquirir o livro “Practical Arduino: Cool Projects for Open Source Hardware“, indicado pelo professor. Se alguém tiver mais alguma sugestão de bibliografia favor indicar!

Interessado em participar?

Se você se interessa por computação física, Arduino, eletrônica e programação, temos a lista de discussão do grupo. Se já teve alguma participação no desenvolvimento de Arduino (software ou hardware) com o kit Severino compartilhe conosco!

Finalizando…

Acredito que eu consegui expressar o meu feedback por meio deste post sobre as experiências que venho tendo e o compartilhamento de conhecimento com o pessoal do grupo de estudos sobre o Arduino. É uma experiência bem legal, agregadora, e que está contribuindo para meu portifólio de conhecimento (mesmo não usando profissionalmente o Arduino) e do pessoal da instituição, que está a conhecer esse panorama, bem atual, do mundo da eletrônica.

Obrigado por ler até aqui (se você leu o post completo, é claro :p) e aguarde futuros feedbacks sobre o assunto.

Até mais!

Atualizado em 01/08/10, as 22h25: irá ser lançado em breve um documentário sobre o Arduino, nesse segundo semestre de 2010. “Arduino: The Documentary” já tem um trailer que pode ser visto no Vimeo. Para mais informações, acompanhe as novidades no site oficial.

Anúncios

6 Respostas

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Neto Marin and anabrant, mcapablanca. mcapablanca said: Novo post no meu blog: #Arduino no IFSP: estudo, diversão e conhecimento http://bit.ly/afzx2l […]

  2. Muito interessante. O Arduino Severino sendo usado no IFSP, voltando à casa do “Gepeto” pelas próprias pernas! Pena ter visto somente agora que iriam se encontrar hoje para finalizar as placas. Bons estudos.

    • Adilson,

      Reitero o convite: se você é ex-aluno ou aluno sinta-se a vontade para aparecer na próxima reunião do grupo. E acompanhe as novidades do grupo na lista de discussão (vide link no post acima).

      Obrigado pela leitura e até a próxima!

  3. Olá Rodrigo,

    já precisei voltar à Federal (sim, ela ainda se chamava Federal), há uns 7 anos (quando ainda se chamava CEFET), e tive problemas burocráticos para entrar no prédio. Espero que as coisas tenham mudado agora, como IFSP, caso venha a visitá-los .

    • Verifiquei agora que você é membro do grupo e o criador da placa 🙂 😉 :p

      Legal pra caramba você estar assinando o recebimento de novidades de nossa lista agora!

      Ao acontecer a próxima reunião verei com o pessoal como “desburocratizar” sua entrada por lá!

  4. Parabéns cara! Excelente trabalho! Depois quero ver os resultados e projetos desse grupo de estudo aqui no blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: