Minhas impressões – Campus Party 2011 – Dia 2 – 18/01/11

Veja também:

Olá pessoal,

Vou a partir daqui descrever o resumo do meu segundo dia de Campus Party 2011. Espero que gostem e que tenha conteúdo útil.

Panorama

Eram cerca de 9h00 e eu já estava preparado e pronto para encarar o primeiro dia do evento (o anterior não existiu, sem dúvida). No segundo dia de evento já começariam as palestras, mini cursos e oficinas. Após tomar café da manhã fui diretamente para um ponto escolhido por mim para uso do micro (devidamente chaveado com um cadeado). Colocadas algumas pendências em ordem em termos de internet, terminei de selecionar as apresentações que iria assistir e me dirigi ao local da primeira.

Debate: Empreendedorismo digital – Maria Carolina[Kingo Labs], Diego Remus[Startupi], Viviane Vilella[Sebrae] e Alessandra Félix[Editora Gênese]. Moderador: Bob Wollheim

Esse foi um debate que mostrou cada vez mais a facilidade que usuários/empreendedores que usam as redes sociais encontram de criar popularidade, um dos caminhos para o sucesso. O novo mercado de mídias sociais aguça a criatividade dos desenvolvedores. As histórias apresentadas relacionadas a empreendedorismo digital foram vindas de fontes diversas (Sebrae, Kingo Labs, jornalismo, multi empreendedores e venture corp), mostrando como tirar os projetos da cabeça, mandá-los para o papel e do papel para a primeira startup.

Abaixo se encontram trechos que eu achei os mais importantes da palestra (a maioria deles foram tuitados :)):

  • “Não deixe o trem do empreendedorismo digital passar, embarque nele o quanto antes.”
  • “Idéias e tecnologias não valem nada se não forem aplicadas. Bota pra fazer!”
  • “Há muito amadorismo ao apresentar modelos de negócio.”
  • “Empreender é errar. O caminho é tortuoso, porém gratificante ao final, dando certo ou não.”
  • “A cultura e mentalidade do concurso público em Brasília faz o estado ser pobre em empreendedorismo. É um ótimo lugar para se empreender, por exemplo.”
  • “Todos os meios educacionais (escola, família, sociedade, etc) são fadados a continuidade do “fazer tudo certinho” (estudar pra ter um bom emprego, estabilidade financeira, etc). A quebra de paradigma, o “fazer diferente” é considerado errado, estranho, rebelde.”
  • “Siga sua inquietude: ela é a raiz do empreendedor.”

Achei interessante as iniciativas do Startupi (blog voltado para o mercado de startups de tecnologia, capital de risco, incubadoras e aplicativos web. O foco é o mercado brasileiro) do Diego Remus e dos blogs da Vivianne Vilela, o “Beco com Saída” e “Mundo Sebrae“. Todos eles são ótimas referências.

Todos indicaram referências para “leitura empreendedora”, técnica e não-técnica, tais como:

* Delivering Happiness: A Path to Profits, Passion, and Purpose – Tony Hsieh (esse livro ouvi pela primeira vez da existência pelo Fabrício Campos, do Vizir);
* Business Model Generation: A Handbook for Visionaries, Game Changers, and Challengers – Alexander Osterwalder;
* Escola dos Deuses – Stefano Elio D’Anna;
* A cabala do dinheiro – Nilton Bonder.

Intervalo para almoço: visita na Área Expo

Aproveitando as horas de intervalo do almoço pude dar uma passada rápida pela área expo, que a primeira vista está muito legal! Depois com mais calma visitarei cada estande.

Quem quiser ver fontes fotos e mais detalhes indico ver o post sobre como a “Área “Expo” mostra o lado menos hardcore da Campus Party“.

Painel: Redes sociais e a eleição de 2010 – Marina Silva [Partido Verde]

Não perdi a oportunidade de ver pela primeira vez as palavras de Marina Silva ao vivo, candidata que saiu com uma imagem fortalecida das eleições desse ano de 2010. A última eleição presidencial foi marcada pelo uso expressivo das redes sociais, muito pelo fato e influência das eleições americanas e a vitória de Barack Obama.

Usando fortemente a web e as redes sociais a candidata Marina Silva (PV) surpreendeu ao conseguir quase 20% dos votos válidos. Marina Silva deu sua visão do uso de redes sociais na política e como isso será um marco de importância para as eleições posteriores.

Não vou me alongar muito para mostrar os principais pontos do painel, pois o André Pantalião escreveu um post bem completo para o Vizir (que saiu do forno quase que instantâneo, após o final do painel). Eu fiz um vídeo da introdução da palestra da Marina Silva, confiram o link abaixo:

Palestra: Introdução ao Node.JS – Emerson Leite [Globo.com]


O Emerson Macedo é um conhecido nome da comunidade de desenvolvimento de software aqui no Brasil, e hoje ele é praticamente um evangelizador da tecnologia. Ele é moderador de lista de discussão, produtor de screencasts e mantenedor de um curso online sobre o assunto.

Eu já havia ouvido falar sobre essa buzzword, mas não tinha um conceito ainda formado acerca do uso de JavaScript no lado do servidor, unificação e uso de uma única linguagem para o client e para a solução, entre outras facilidades. Durante a palestra pude tirar minhas dúvidas sobre Node.JS, e ver que não é preciso criar nada do zero para usá-lo: é possível “plugá-lo” a qualquer solução existente, sendo o mais indicado desenvolver código visando alta concorrência.

A palestra apresentada na Campus Party foi a mesma apresentada na RubyConfBR, e você pode conferí-la abaixo:

Apagão na Campus Party – parte 2 (ou seria DejaVú?)

E não é que por volta das 17h30, cerca de 14 horas depois da primeira falta de luz do evento, aconteceu um idêntico apagão! O pessoal ficou cerca de uma hora sem acesso a energia e internet. Preciso repetir o quão foi #fail o raio ter caído no mesmo lugar novamente (sem o mínimo trocadilho com a chuva que voltou a castigar)?

A própria organização da Campus Party mandou emails se desculpando sobre o caso, eis os textos abaixo:

Primeiro dia:

from    Campus Party <lists@campus-party.org>
to    mestrecapablanca@gmail.com
date    Tue, Jan 18, 2011 at 19:55
subject    Campus Party Brasil | Esclarecimento

Olá, campuseir@s!

Após a queda de luz ocorrida no Centro de Exposições Imigrantes, enviamos agora alguns esclarecimentos:

Segundo a Eletropaulo, empresa responsável pelo fornecimento de energia na capital paulista, houve uma queda de luz na região onde está localizado o Centro de Exposições Imigrantes que afetou não somente a Campus Party Brasil, como, também, outras partes do bairro.

Neste momento, quatro novos geradores estão à caminho do evento.

Agradecemos a paciência de todos os campuseiros. A festa continua e, com ela, toda a magia do maior encontro tecnológico do mundo!

Segundo dia:

from    Campus Party <lists@campus-party.org>
to    mestrecapablanca@gmail.com
date    Wed, Jan 19, 2011 at 16:11
subject    Comunicado oficial sobre os geradores

Olá, campuseir@.

A Futura Networks, organizadora do evento Campus Party Brasil, informa que 10 novos geradores foram instalados nesta madrugada no Centro de Exposições Imigrantes para proteger o evento de quedas de energia que possam vir a ocorrer.

A previsão da metereologia é de temporal para esta tarde em São Paulo. Se algum problema ocorrer com o fornecimento de energia, pedimos a todos que se mantenham nos seus lugares e aguardem, pois os geradores levam de 10 a 15 minutos para restabelecer a energia. Neste caso, a programação seguirá normalmente.

Como todos sabem, nesta terça-feira, 18/01, pouco antes das 18h, a Eletropaulo, empresa de fornecimento de energia da cidade de São Paulo, registrou uma queda em sua rede que afetou o Centro de Exposições Imigrantes e regiões próximas a ele, em função das chuvas. Às 18h55, a energia foi restaurada por completo.

A Futura Networks se desculpa e agradece a paciência dos campuseiros. A festa continua e, com ela, toda a magia do maior encontro tecnológico do mundo!

Organização Campus Party Brasil

Abaixo algumas fontes sobre o que aconteceu:

Normalizado mais esse furo da organização, e feita a “mea culpa”, o evento teve sequência e fui assistir a última palestra do dia, relativa a TV Digital.

Palestra: A TV do Futuro – o que gigantes como Google, Apple e o mundo Open Source planejam – Marcos Roberto [IntactoTvDigital]

O Marcos teve um dia azarado: o note dele deu problema e ele teve que refazer a apresentação do zero, além de chegar atrasado para o horário da palestra dele 😦

No mais, foi um overview básico para o público do que é TV Digital, o que gigantes como Google, Apple e Microsoft planejam com essa mudança na forma de ver televisão (o aparelho como um grande aliado na difusão de conteúdos, informação, e principalmente geração de receita).

O que está mudando na vida do telespectador? O que o mundo open source está fazendo nessa área? O que é Ginga? Novos termos como Social TV, MobileTV, WebTV, IPTV, TV 3D nasceram para identificar parte dessa revolução. O que mais nos aguarda? Essas foram algumas perguntas respondidas por ele.

Muita coisa pra mim já não era novidade, o que foi interessante ouvir do pessoal da Intacto foi:

  • Está bem perto de chegar ao mercado comum conversores digitais com suporte ao desenvolvedor: ou seja, aqueles que desenvolvem para TV Digital terão disponível no seu conversor uma porta USB para incluírem arquivos .class (no caso de desenvolvimento Java) ou código fonte NCL/Lua para testes reais de aplicação;
  • As burocracias e os trâmites no senado a respeito da Lei nº PL 29/2007 e como fica o uso da TV Digital.

Conclusão

Tirando novamente os problemas técnicos, a organização e o corpo técnico e de infra que teve que se virar para conseguir novos transformadores, esse primeiro dia de palestras foi legal, além de conhecer um pessoal aqui no evento, que geralmente compartilha das mesmas visões que você.

Bom, esse foi o resumo do segundo dia de evento, espero que tenham gostado. E aguardem o resumo do dia 19, o terceiro dia de Campus Party 2011.

Até mais!

 

Delivering Happiness: A Path to Profits, Passion, and Purpose

 

Anúncios

3 Respostas

  1. […] Minhas impressões – Campus Party 2011 – Dia 2 – 18/01/11 […]

  2. […] Minhas impressões – Campus Party 2011 – Dia 2 – 18/01/11 […]

  3. […] Minhas impressões – Campus Party 2011 – Dia 2 – 18/01/11 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: